Francisco Branco "Nao marcamos presena, porque nao recebemos convite"

Wptimmaster 07:58:07 OTL Nasional

Díli- O chefe da bancada da FRETILIN, Francisco Miranda, disse que os órgãos soberanos do partido não receberam convite para a missa organizada pelos veteranos, no sentido de pedir ajuda para a equipa liderada por Xanana Gusmão, responsável pelas negociações da defesa da soberania do mar de Timor.

Francisco Branco considerou que a missa é uma manifestação de fé, pelo que terá sido essa a razão pela qual foi solicitada pelo chefe-negociador das fronteiras marítimas e não pelo Governo.

Segundo o deputado, apesar de a missa ser uma questão de fé e de cultura, Xanana Gusmão devia ter feito o apelo através dos canais do Estado.

“Nós não marcámos presença, porque não recebemos convite. Os meios de comunicação social por si só não são um convite pessoal para participação. Como crentes, todos os dias estamos a rezar pelo melhor em relação às negociações, porque é um interesse do Estado e do povo”, disse o deputado, aos jornalistas, na segunda-feira (19/02), no Parlamento Nacional.

O deputado referiu que, embora uma pessoa não participe na missa, “a comunicação com Deus estabelece-se em qualquer lugar”.

O representante do povo mencionou também que se era intenção formalizar o evento, seria melhor ter havido convite.

Na mesma ocasião, o Vice da bancada do Partido Democrático (PD), Luís Mendes Ribeiro, disse que para se participar na missa em prol da negociação das fronteiras marítimas não é preciso convite, uma vez que esta é uma preocupação dos membros do Governo.

O chefe da bancada da CNRT, Arão Noé Amaral, afirmou, por seu turno, que a equipa de negociação sobre a delimitação das fronteiras não é constituída apenas por Xanana Gusmão, fazendo dela parte outros membros do Governo.

“Eu penso que os membros do Governo têm competência para informar o Executivo sobre qualquer atividade que se possa realizar em relação às fronteiras marítimas”, disse Arão Noé aos jornalistas, no Parlamento Nacional.

O negociador-chefe das Fronteiras Marítimas, Xanana Gusmão, tinha afirmado anteriormente que Timor-Leste tinha de ganhar o processo nas últimas negociações sobre o Greater Sunrise.

“A última reunião sobre o Greater Sunrise, com a empresa ConocoPhilips, terá lugar em Kuala Lumpur, entre os dias 19 e 22 de fevereiro”, disse Xanana Gusmão aos veteranos, numa mensagem deixada ao Presidente do Conselho de Combatentes do Município de Díli, Salustiano Belo Uro, Salus Uro, que, por sua vez, informou o Timor Post, na quarta-feira (14/02) à noite.

Salus Uro sublinhava que a mensagem de Xanana Gusmão aos veteranos consistia em solicitar que despertassem a terra sagrada, a montanha sagrada e todos os defuntos, e que pedissem aos sacerdotes que celebrassem missas em todo o território de Timor-Leste, apelando ao auxílio de Deus, de modo a que o país ganhe as suas riquezas no mar.

“Despertem a terra santa, a montanha santa e todos os defuntos. Temos de vencer! Grande abraço! Amo-vos a todos. Chamem todos os estudantes, porque o petróleo é o seu o futuro. Abraço”, escreveu Xanana Gusmão aos veteranos. A mensagem foi publicada no mural do Facebook do veterano Salus Uro.

O Bispo da Diocese de Díli, Dom Virgílio do Carmo da Silva, acabaria por celebrar este sábado (17/02), às 14h, uma Missa no Jardim dos Heróis Nacionais, em Metinaro, Díli. (rio)

Similar Post You May Like

Recent Post

Banner

Online Hits

  • Online: 7 / 261 Hits: 3283 / 1667074
  •